Projeto de Diagnóstico da Cadeia Produtiva do Sururu na Lagoa Mundaú em Maceió –AL

Ainda não entendeu como funciona uma sessão no Videocamp? Clique aqui!

Circuito Tela Verde - Ministério do Meio Ambiente Apresenta:

Projeto de Diagnóstico da Cadeia Produtiva do Sururu na Lagoa Mundaú em Maceió –AL

Livre 2012 8min

pt-br

É possível baixar o arquivo deste filme para sessões Videocamp. Organize sua sessão clicando aqui.

O vídeo mostra o processo de extração do sururu na lagoa Mundaú – Alagoas, dentro de uma comunidade que vive no entorno do complexo lagunar Mundaú–Manguaba e que encontra uma série de dificuldades de ordem social e econômica, exercendo atividades informais e de subsistência em um ambiente precário.

Dirigido por

Luis Tadeu Assad, Mauro K. Coutinho, Thiago Dias Trombeta, Felipe Henrique de Abreu Robatini e João Schwartz.

Produção

Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS)

Coprodução

--

Patrocínio

--

Apoio Oficial

--

Categoria

Documentário

5 Avaliação
7 Sessões
400 audiência
400 aud.total
  • Online (YouTube, Vimeo, etc)
  • Sessões Públicas via VIDEOCAMP
  • Cinema
  • Sob Demanda (iTunes, Now, etc)
  • Outras mídias (DVD, Blu-ray, mídia kit, etc)

Comentários

Ficha completa

Projeto de Diagnóstico da Cadeia Produtiva do Sururu na Lagoa Mundaú em Maceió –AL (2012)

Classificação etária: Livre

É possível baixar o arquivo deste filme para sessões Videocamp. Organize sua sessão clicando aqui.

Dirigido por Luis Tadeu Assad, Mauro K. Coutinho, Thiago Dias Trombeta, Felipe Henrique de Abreu Robatini e João Schwartz.

Produção Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS)

Coprodução --

Patrocínio --

Apoio Oficial --

Categoria Documentário

Tema Economia Meio ambiente

ODSs ODS 8 - Trabalho Decente e Crescimento Econômico

Áudio e Legenda

Audio Portuguese BR

Legenda --

Closed Caption --

Audiodescrição --

Linguagem de Sinais --

Sinopse

O vídeo mostra o processo de extração do sururu na lagoa Mundaú – Alagoas, dentro de uma comunidade que vive no entorno do complexo lagunar Mundaú–Manguaba e que encontra uma série de dificuldades de ordem social e econômica, exercendo atividades informais e de subsistência em um ambiente precário.