Privatizações: A Distopia do Capital
Organize uma exibição

Ainda não entendeu como funciona uma exibição no Videocamp? Clique aqui!

CALIBAN Apresenta:

Privatizações: A Distopia do Capital

Livre 2014 57min

Pt

Fr

O download deste filme não está disponível para exibições via Videocamp – apenas o streaming. Organize sua exibição clicando aqui.

O novo filme de Silvio Tendler ilumina e esclarece a lógica da política em tempos marcados pelo crescente desmonte do Estado brasileiro. A visão do Estado mínimo; a venda de ativos públicos ao setor privado; o ônus decorrente das políticas de desestatização traduzidos em fatos e imagens que emocionam e se constituem em uma verdadeira aula sobre a história recente do Brasil. Assim é Privatizações: a Distopia do Capital. Realização do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro (Senge-RJ) e da Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge), com o apoio da CUT Nacional, o filme traz a assinatura da produtora Caliban e a força da filmografia de um dos mais respeitados nomes do cinema brasileiro.

Dirigido por

Silvio Tendler

Produção

Ana Rosa Tendler

Coprodução

Ana Rosa Tendler

Patrocinador

--

Apoio

--

Categoria

Documentário

5 Avaliação
2 Exibições
125 audiência
125 aud.total
  • Online (YouTube, Vimeo, etc)
  • Exibições Públicas via VIDEOCAMP
  • Cinema
  • Sob Demanda (iTunes, Now, etc)
  • Outras mídias (DVD, Blu-ray, mídia kit, etc)

Comentários

Ficha completa

Privatizações: A Distopia do Capital (2014)

Descritores de Conteúdo:

O download deste filme não está disponível para exibições via Videocamp – apenas o streaming. Organize sua exibição clicando aqui.

Dirigido por Silvio Tendler

Produção Ana Rosa Tendler

Coprodução Ana Rosa Tendler

Patrocinador --

Apoio --

Categoria Documentário

Tema Economia Política

ODSs --

Áudio e Legenda

Áudio Portuguese

Legenda French

Closed Caption --

Audiodescrição --

Linguagem de Sinais --

Sinopse

O novo filme de Silvio Tendler ilumina e esclarece a lógica da política em tempos marcados pelo crescente desmonte do Estado brasileiro. A visão do Estado mínimo; a venda de ativos públicos ao setor privado; o ônus decorrente das políticas de desestatização traduzidos em fatos e imagens que emocionam e se constituem em uma verdadeira aula sobre a história recente do Brasil. Assim é Privatizações: a Distopia do Capital. Realização do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro (Senge-RJ) e da Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge), com o apoio da CUT Nacional, o filme traz a assinatura da produtora Caliban e a força da filmografia de um dos mais respeitados nomes do cinema brasileiro.