PODADOS
Quero organizar uma exibição

Ainda não entendeu como funciona uma exibição no Videocamp? Clique aqui!

JORNADA FILMES Apresenta:

PODADOS

Livre 2015 17min

pt

O download deste filme não está disponível. A exibição da obra só pode acontecer em locais com conexão à internet. Organize sua exibição clicando aqui.

Ver trailer
Joana, uma pequena menina, pergunta a sua professora sobre a existência de uma nova cor, que ainda ninguém tivesse visto. A partir da resposta que obtém, a menina se vê motivada a embarcar em uma aventura rumo à tal descoberta. O filme aborda três principais questões: • A forma como a sociedade (família, escola, igreja etc) desencoraja ou limita o senso de inventividade na criança; • Como na alegoria da Caverna de Platão, uma forma de pensamento mais abrangente, por exemplo quando se trata da existências de coisas que ainda não "foram comprovadas cientificamente", um tipo de "pensar fora-da-caixa". • A representatividade da mulher negra, no caso aqui da criança negra como sujeito que também questiona, contesta e se aventura. Em narrativas fílmicas estes atributos são geralmente designados a meninos e quase sempre eles são brancos.

Dirigido por

Huli Balász

Produção

Gabriel Blaas

Coprodução

Jornada Filmes

Patrocínio

--

Apoio Oficial

Universidade Federal de Pelotas

Categoria

Ficção

5 Avaliação
5 Exibições
107 audiência
107 aud.total
  • Online (YouTube, Vimeo, etc)
  • Exibições Públicas via VIDEOCAMP
  • Cinema
  • Sob Demanda (iTunes, Now, etc)
  • Outras mídias (DVD, Blu-ray, mídia kit, etc)

Saiba mais sobre o tema

PODADOS

Joana, uma pequena menina, pergunta a sua professora sobre a existência de uma nova cor, que ainda ninguém tivesse visto. A partir da resposta que obtém, a menina se vê motivada a embarcar em uma aventura rumo à tal descoberta.

Página do filme no Facebook Foto Equipe e Personagem Mirim

Extras

Fotos

Ver todas as fotos

Comentários

Ficha completa

PODADOS (2015)

Classificação etária: Livre

O download deste filme não está disponível. A exibição da obra só pode acontecer em locais com conexão à internet. Organize sua exibição clicando aqui.

Dirigido por Huli Balász

Produção Gabriel Blaas

Coprodução Jornada Filmes

Patrocínio --

Apoio Oficial Universidade Federal de Pelotas

Categoria Ficção

Tema Educação Infância Questões de gênero

ODSs ODS 4 - Educação de Qualidade, ODS 5 - Igualdade de Gênero

Áudio e Legenda

Audio Portuguese

Legenda --

Closed Caption --

Audiodescrição --

Linguagem de Sinais --

Sinopse

Joana, uma pequena menina, pergunta a sua professora sobre a existência de uma nova cor, que ainda ninguém tivesse visto. A partir da resposta que obtém, a menina se vê motivada a embarcar em uma aventura rumo à tal descoberta.

O filme aborda três principais questões:

• A forma como a sociedade (família, escola, igreja etc) desencoraja ou limita o senso de inventividade na criança;

• Como na alegoria da Caverna de Platão, uma forma de pensamento mais abrangente, por exemplo quando se trata da existências de coisas que ainda não "foram comprovadas cientificamente", um tipo de "pensar fora-da-caixa".

• A representatividade da mulher negra, no caso aqui da criança negra como sujeito que também questiona, contesta e se aventura. Em narrativas fílmicas estes atributos são geralmente designados a meninos e quase sempre eles são brancos.