A nossa bandeira jamais será vermelha
Quero organizar uma sessão

Ainda não entendeu como funciona uma sessão no Videocamp? Clique aqui!

Salamanca Filmes Apresenta:

A nossa bandeira jamais será vermelha

Livre 2020 72 min

pt-br

pt

É possível baixar o arquivo deste filme para sessões Videocamp. Organize sua sessão clicando aqui.

Ver trailer
O filme mostra a luta dos jornalistas independentes no Brasil para romper o embargo informativo imposto pelas 6 famílias que dominam o sistema de informação do país. Segundo os entrevistados, esses "6 Berlusconis" foram responsáveis por uma manipulação em massa que destruiu a confiança da população na imprensa tradicional e jogou o país em direção ao fascismo. É a 1ª vez que um filme brasileiro denuncia a concentração de mídia local, considerada pela ONU como “a mais alta do mundo ocidental”.

Dirigido por

Pablo Guelli

Produção

Salamanca Filmes

Coprodução

--

Patrocínio

FSA

Apoio Oficial

CINEBRASILTV

Categoria

Documentário

0 Avaliação
5 Sessões
125 audiência
125 aud.total
  • Online (YouTube, Vimeo, etc)
  • Sessões Públicas via VIDEOCAMP
  • Cinema
  • Sob Demanda (iTunes, Now, etc)
  • Outras mídias (DVD, Blu-ray, mídia kit, etc)

Críticas

“A Rede Globo não quer que você veja este filme.”

por Camilo Vannuchi ver matéria completa

“OS MEDIA BRASILEIROS FUNCIONAM COMO UMA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA.”

por RONI NUNES ver matéria completa

“O documentário é mensagem na garrafa lançada no mar de desesperança em que se transformou o Brasil. Só daqui a anos, quando o País recuperar a capacidade de se indignar, será possível entender, em toda sua extensão, a gravidade das denúncias contidas no filme.”

por Laura Capriglione ver matéria completa

“O documentário "A nossa bandeira jamais será vermelha", do jornalista Pablo Guelli, estreou este mês nas plataformas de streaming e mostra análises de acadêmicos e jornalistas sobre o papel da imprensa em eventos sociopolíticos que aconteceram entre 2013 e 2019, como as manifestações de rua, o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e a eleição do presidente Jair Bolsonaro.”

por Sidney Rezende ver matéria completa

“Sem meias palavras. Finalmente, um documentário explicita, sem subterfúgios atenuantes, a verdadeira função da grande imprensa brasileira no golpe de 2016: “canalha”. ”

por Celso Sabadin ver matéria completa

“A nossa bandeira jamais será vermelha levanta importantes questões ligadas à estrutura midiática brasileira e ao seu poder e influência consideráveis, mesmo com o impacto das novas tecnologias da comunicação para a produção e distribuição das informações.”

por José Costa ver matéria completa

“O documentário “Nossa Bandeira Jamais Será Vermelha” foi o grande vencedor da quinta edição do Santos Film Festival. O júri oficial elegeu o filme como o melhor da competição de longas-metragens. Para reafirmar a opção pelo trabalho do jovem realizador paulistano, que enfrentou nove concorrentes, Guelli foi premiado, também, pela melhor direção.”

por Revista de Cinema ver matéria completa
Leia mais

Comentários

Ficha completa

A nossa bandeira jamais será vermelha (2020)

Classificação etária: Livre

É possível baixar o arquivo deste filme para sessões Videocamp. Organize sua sessão clicando aqui.

Dirigido por Pablo Guelli

Produção Salamanca Filmes

Coprodução --

Patrocínio FSA

Apoio Oficial CINEBRASILTV

Categoria Documentário

Tema Direitos Humanos Questões sociais Política

ODSs --

Áudio e Legenda

Audio Portuguese BR

Legenda Portuguese

Closed Caption --

Audiodescrição --

Linguagem de Sinais --

Sinopse

O filme mostra a luta dos jornalistas independentes no Brasil para romper o embargo informativo imposto pelas 6 famílias que dominam o sistema de informação do país.

Segundo os entrevistados, esses "6 Berlusconis" foram responsáveis por uma manipulação em massa que destruiu a confiança da população na imprensa tradicional e jogou o país em direção ao fascismo.

É a 1ª vez que um filme brasileiro denuncia a concentração de mídia local, considerada pela ONU como “a mais alta do mundo ocidental”.