Mulheres das águas
Organize uma exibição

Ainda não entendeu como funciona uma exibição no Videocamp? Clique aqui!

Selo Fiocruz Vídeo Apresenta:

Mulheres das águas

Livre 2016 32min

pt-br

O download deste filme não está disponível. A exibição da obra só pode acontecer em locais com conexão à internet. Organize sua exibição clicando aqui.

Ver trailer

Um retrato da vida e da luta das pescadoras nos manguezais do Nordeste do Brasil. O modo de vida e a sobrevivência de suas famílias estão ameaçados pela poluição de grandes indústrias e pelo turismo predatório, causadores de danos ao ecossistema. O documentário destaca o engajamento e a resistência dessas mulheres em busca da preservação e demarcação dos territórios pesqueiros, manutenção e ampliação dos seus direitos sociais, melhoria das condições de trabalho e da saúde.

Dirigido por

Beto Novaes

Produção

VideoSaúde Distribuidora/Icict/Fiocruz

Coprodução

UFRJ

Patrocínio

--

Apoio Oficial

--

Categoria

Documentário

4,8 Avaliação
8 Exibições
243 audiência
243 aud.total
  • Online (YouTube, Vimeo, etc)
  • Exibições Públicas via VIDEOCAMP
  • Cinema
  • Sob Demanda (iTunes, Now, etc)
  • Outras mídias (DVD, Blu-ray, mídia kit, etc)

Comentários

Ficha completa

Mulheres das águas (2016)

Classificação etária: Livre

O download deste filme não está disponível. A exibição da obra só pode acontecer em locais com conexão à internet. Organize sua exibição clicando aqui.

Dirigido por Beto Novaes

Produção VideoSaúde Distribuidora/Icict/Fiocruz

Coprodução UFRJ

Patrocínio --

Apoio Oficial --

Categoria Documentário

Tema Meio ambiente Questões de gênero Saúde pública

ODSs ODS 8 - Trabalho Decente e Crescimento Econômico, ODS 5 - Igualdade de Gênero

Áudio e Legenda

Audio Portuguese BR

Legenda --

Closed Caption --

Audiodescrição --

Linguagem de Sinais --

Sinopse

Um retrato da vida e da luta das pescadoras nos manguezais do Nordeste do Brasil. O modo de vida e a sobrevivência de suas famílias estão ameaçados pela poluição de grandes indústrias e pelo turismo predatório, causadores de danos ao ecossistema. O documentário destaca o engajamento e a resistência dessas mulheres em busca da preservação e demarcação dos territórios pesqueiros, manutenção e ampliação dos seus direitos sociais, melhoria das condições de trabalho e da saúde.