Disque Quilombola
Organize uma exibição

Ainda não entendeu como funciona uma exibição no Videocamp? Clique aqui!

David Reeks Apresenta:

Disque Quilombola

Livre 2012 13min

pt-brpt

en

O download deste filme não está disponível. A exibição da obra só pode acontecer em locais com conexão à internet. Organize sua exibição clicando aqui.

Ver trailer

Crianças do Espírito Santo conversam de um jeito divertido sobre como é a vida em uma comunidade quilombola e em um morro na cidade de Vitória. Por meio de uma genuína brincadeira infantil, os dois grupos falam de suas raízes e desvelam o quanto a infância tem mais semelhanças do que diferenças.

Dirigido por

David Reeks

Produção

David Reeks

Coprodução

EBC - Empresa Brasileira de Comunicação

Patrocínio

--

Apoio Oficial

--

Categoria

Documentário

5 Avaliação
65 Exibições
1,87 K audiência
1,87 K aud.total
  • Online (YouTube, Vimeo, etc)
  • Exibições Públicas via VIDEOCAMP
  • Cinema
  • Sob Demanda (iTunes, Now, etc)
  • Outras mídias (DVD, Blu-ray, mídia kit, etc)

Saiba mais sobre o tema

Disque Quilombola

Por meio de uma brincadeira, o filme destaca a conversa entre crianças capixabas, que têm raízes em comum, mas que pouco se conheciam até a realização do filme. De um lado, estão as crianças da comunidade quilombola São Cristóvão, localizada na região do Sapê do Norte. Do outro, estão meninos e meninas do morro São Benedito, em Vitória (ES).

Comentários

Ficha completa

Disque Quilombola (2012)

Classificação etária: Livre

O download deste filme não está disponível. A exibição da obra só pode acontecer em locais com conexão à internet. Organize sua exibição clicando aqui.

Dirigido por David Reeks

Produção David Reeks

Coprodução EBC - Empresa Brasileira de Comunicação

Patrocínio --

Apoio Oficial --

Categoria Documentário

Tema Questões sociais Infância

ODSs ODS 10 - Redução de Desigualdades

Áudio e Legenda

Audio Portuguese BR, Portuguese

Legenda English

Closed Caption --

Audiodescrição --

Linguagem de Sinais --

Sinopse

Crianças do Espírito Santo conversam de um jeito divertido sobre como é a vida em uma comunidade quilombola e em um morro na cidade de Vitória. Por meio de uma genuína brincadeira infantil, os dois grupos falam de suas raízes e desvelam o quanto a infância tem mais semelhanças do que diferenças.