Gesto de Cinema

Gesto de Cinema

Em 2012 surgiu a Gesto de Cinema, com a intenção de ser a ferramenta para afagar essas necessidades de fazer cinema e sobreviver dele. Desde então, entre grandes aprendizados, projetos foram desenvolvidos, roteiros escritos, filmes gravados, aprimorando a identidade individual e coletiva. Com uma quantidade significativa de projetos realizados, em tão pouco tempo, mostra uma capacidade de realização que dispomos e serviu para um propósito inicial: o de nos estabelecermos quanto produtora, adquirindo experiência e afunilando nossos objetivos. Diante disso, nossa meta para seguirmos buscando melhores resultados, é trabalhar na dramaturgia de nossos filmes, tratá-los de forma mais cuidadosa, criar de forma criteriosa, e assim obter projetos sólidos de grande valor artístico e comercial, para pleitear fundos, gerar bons filmes e dar vida a eles, chegando ao grande público. Contudo, bem sabemos que apesar de termos avançado nas politicas públicas para a produção audiovisual, a etapa do desenvolvimento dos projetos, que é tão fundamental quanto qualquer outra etapa da realização de filmes, ainda é um gargalo. Esse ano o Festival CineBH terá uma mostra exclusiva voltada para os projetos da produtora e apresentará as 5 princiapis obras que produzimos até aqui. Para além disso, a Gesto de Cinema é criadora e produz o evento Colors:Cinema+Diversidade, um festival de cinema com projetos que dialogam com o temas LGBTQs. Com o perfil de seus sócios, Caio Baú e Isabele Orengo, a Gesto se constrói como uma produtora que entende o cinema e os eventos em torno dele, com uma imensa potencialidade de enternecer, questionar, emocionar e transformar. Por isso, que sempre carrega a preocupação de fazer filmes e desenvolver projetos que tragam um novo olhar ao mundo, desde o enfrentar e refletir sobre nosso tempo. Assim, em todos os seus projetos, de maneiras objetivas ou subjetivas, trabalha para tornar essa ferramenta acessível e útil a quem também não tem voz, as minorias.

Films

5 Rating
Small luizaweb

Luiza

2017 · 15 min